Airbus terá janelas com tecnologia de escurecimento do 787 Dreamliner

Novidade permitirá que os passageiros escolham quanto de iluminação desejam em seus voos

A fabricante europeia Airbus anunciou que vai passar a oferecer em suas aeronaves janelas que escurecem eletronicamente. A novidade permitirá que os passageiros escolham quanto de iluminação desejam em seus voos, sem persianas. Além de acomodar melhor o viajante, fazendo com que ele regule o nível de luz que entra pela janela, ela também ajuda na economia de ar condicionado, pois impede que a energia infravermelha entre na cabine do lado de fora. A tecnologia presente nas janelas da empresa Gentex apresentam transição de alta velocidade entre claro e escuro. Comparados aos modelos anteriores, elas escurecem duas vezes mais rápido e se tornam 100 vezes mais escuras, eliminando efetivamente mais quase toda luz visível. Os modelos da Airbus foram projetados exclusivamente para serem uma unidade substituível por uma única linha, a fim de facilitar a instalação e manutenção. Eles também apresentam uma capa mais duradoura e resistente a riscos. As janelas possuem um gel entre dois painéis de vidro finos que escurecem ou clareiam em resposta à eletricidade. Uma corrente elétrica de baixa voltagem é passada através de revestimentos condutores e através dos painéis de vidro para induzir uma reação eletroquímica no gel, fazendo-a escurecer. A remoção da tensão permite que o gel retorne ao seu estado natural e transparente, clareando o vidro. Essa técnica de escurecimento já está presente nos jatos Boeing 787 Dreamliner, através de parceria com a mesma empresa.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn