ALTA divulga carta aos governos da América Latina e Caribe sobre a retomada da conectividade aérea

  • Indústria
  • Notícias
  • ALTA divulga carta aos governos da América Latina e Caribe sobre a retomada da conectividade aérea

Documento estabelece as bases para que operadores do setor possam coordenar o reinício e a recuperação da conectividade de maneira alinhada

Atualmente, o setor de aviação enfrenta o maior desafio de sua história. A luta contra o COVID-19 praticamente paralisou esse setor em todo o mundo, com conseqüências desastrosas para companhias aéreas, aeroportos, organizações de viagens e turismo e todas as empresas e cidadãos cujos meios de subsistência dependem do transporte aéreo. À medida que as disposições de fechamento são levantadas em todo o mundo, é preciso enfrentar conjuntamente a difícil tarefa de reiniciar a conectividade aérea. É fundamental recuperar a confiança dos passageiros e conscientizar o público de que a aviação está fazendo todo o possível para que o setor não se torne um vetor de transmissão para o vírus. Isso requer um processo harmonizado em todo o mundo e o fornecimento das melhores garantias possíveis de segurança sanitária. IATA, ACI-LAC, ALTA, CANSO e WTTC apoiam e endossam o guia de recomendações emitidas pelo grupo de trabalho da ICAO. O documento estabelece as bases para que governos e operadores do setor possam coordenar o reinício e a recuperação da conectividade aérea global de maneira alinhada, no momento em que muitos países estão pensando em reabrir suas fronteiras e retomar suas economias. O trabalho identifica a saúde, a segurança e a proteção dos viajantes como os principais objetivos. Também oferece uma estrutura abrangente de medidas temporárias baseadas em risco para operações de transporte aéreo durante a crise, propondo uma abordagem em fases para retomar a aviação, com base em recomendações e orientações das autoridades de saúde pública para para mitigar o risco de transmissão de vírus durante o processo de viagem. Essa estratificação de medidas deve proporcionar aos viajantes e à tripulação a confiança necessária para voar novamente. Dessa forma, a ALTA faz um chamado conjunto a todos os Estados da América Latina e do Caribe para colaborar na rápida implementação das recomendações do guia e tomar as medidas necessárias para identificar todas as oportunidades em que eles poderiam suspender as restrições de viagem assim que situações epidemiológicas o permitirem. A comunidade de aviação e viagens e turismo em geral está preparada e totalmente comprometida com um reinício seguro. O mundo quer viajar novamente e a aviação desempenhará um papel fundamental na recuperação econômica. É imperativo que o transporte aéreo possa ser retomado através da harmonização global e do reconhecimento mútuo dos esforços, o que ajudará a ganhar a confiança dos viajantes. Como principal organização regional que representa as companhias aéreas, aeroportos, provedores de serviços de navegação aérea, provedores de viagens e turismo e setores relacionados na América Latina e no Caribe, a ALTA espera trabalhar para obter uma aplicação sistemática e bem coordenada das orientações do guia que permitirá retomar voos, reabrir fronteiras, suspender medidas de quarentena e permitir que a aviação reconecte pessoas em todo o mundo e contribuir para o desenvolvimento socioeconômico dos países da região. O documento pode ser visualizado em https://www.icao.int/covid/cart/Pages/CART-Take-off.aspx .

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn