Amazon expande operação aérea e inaugura mega hub em Cincinnati

A Amazon abriu recentemente no aeroporto de Cincinnati/Northern Kentucky International um mega hub destinado a atender sua operações aéreas. Após quatro anos de obras, o novo centro de distribuição vai servir como hub central para as operações aéreas da marca nos Estados Unidos.

Com investimento na ordem de 1,5 bilhão de dólares, o novo terminal para aeronaves cargueiras possui 74 mil m2 e pode receber simultaneamente várias aviões de variados portes. A Amazon Air expandiu sua presença em território americano para mais de 40 localidades, e lançou na Europa em 2020, um hub no aeroporto de Leipizig/Halle.

Em janeiro deste ano, adquiriu mais sete jatos Boeing 767-300 ex-Delta e quatro ex-Westjet Canada para serem convertidos para cargueiros puros, com entrada prevista em operação em 2022.

A Amazon lançou sua subsidiária voltada ao transporte aéreo em 2016, com a intenção de não depender mais das atividades aéreas da Fedex e UPS. Inicialmente foi feito um contrato de leasing de sete anos com 20 Boeing 767F com o provedor de carga ATSG/ABX Air. Um outro contrato firmado com a Atlas Air para a operação de mais 20 767 durante 10 anos, impulsionou a demanda aérea da Amazon e fez com que a mesma investisse ainda mais nesta divisão. Agora, um total de 73 aeronaves operam para a empresa, incluindo 22 Boeing 737-800BCF.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn