American firma parceria para proteger crianças contra o tráfico e a exploração

A ECPAT-USA é uma organização cuja missão é criar um mundo onde nenhuma criança seja comprada, vendida ou explorada sexualmente

A organização internacional sem fins lucrativos que combate o abuso sexual de crianças, celebrou a assinatura do Código de Conduta de Proteção à Criança no Turismo pela companhia aérea American Airlines, um enorme passo na luta contra o tráfico humano e a exploração infantil. O termo é uma iniciativa da indústria do turismo cuja missão é oferecer conscientização, ferramentas e suporte ao setor para combater a exploração. A ECPAT-USA é uma organização cuja missão é criar um mundo onde nenhuma criança seja comprada, vendida ou explorada sexualmente. A Organização Mundial do Trabalho estima que cerca de 21 milhões de pessoas ao redor do mundo vivam em situação similar à escravidão. Os traficantes transportam suas vítimas de avião entre cidades e países e frequentemente usam hotéis para promover o abuso delas. Com protocolos e treinamentos adequados, os associados de companhias aéreas podem identificar e denunciar essas práticas e proteger as vítimas. Assim, a ECPAT firmou uma parceria com o setor de turismo para desenvolver o Código, que é um conjunto de diretrizes para proteger crianças contra a exploração. Para mais informações, acesse o portal http://www.ecpatusa.org/code. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn