ANAC

Documento permite que o novo jato possa ser comercializado e operado em todo o território brasileiro.

A Agência Nacional de Aviação Civil emitiu a certificação de tipo para a aeronave produzida pela fabricante brasileira Embraer modelo KC-390. O documento permite que o novo jato possa ser comercializado e operado em todo o território brasileiro. O programa teve duração de sete anos de trabalho, com a verificação de mais 2.500 requisitos e envolveu a participação de cerca de 200 profissionais credenciados pela ANAC, além de engenheiros e técnicos da Agência. Durante o processo de certificação, que inclui inúmeras análises e testes, a Embraer demonstrou que a plataforma básica do modelo EMB390KC, embora de utilização militar, atendia os níveis previstos no Regulamento Brasileiro de Aviação Civil (RBAC) nº 25, ou seja, idêntico aos padrões utilizados pelos aviões de maior porte utilizados na aviação comercial. A certificação de tipo é emitida pela ANAC quando o projeto de aeronave demonstra ter cumprido todos os requisitos operacionais e de segurança e de proteção ambiental obrigatórios para a operação. Isso evidência que o nível de segurança da aeronave é compatível com padrões internacionais e que permite que o modelo certificado seja comercializado no Brasil e registrado no Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB). O KC-390 é uma aeronave para transporte tático logístico equipada com sistema de reabastecimento em voo. Equipado com dois motores, o modelo é quipado com a tecnologia fly-by-wire que utiliza computadores em substituição de cabos para mover as superfícies de comando e tem capacidade para transportar 23 toneladas de carga, inclusive veículos de médio e grande porte.