ATR estima a necessidade de 100 aeronaves regionais no Japão até 2025

Modelo será utilizado especialmente para abrir novas rotas para o desenvolvimento contínuo do turismo no país

A fabricante francesa ATR apresentou recentemente um estudo de atualização de mercado para o Japão. Considerando as tendências e desenvolvimentos socioeconômicos, a empresa estima a necessidade de cerca de 100 aeronaves turboélice até 2025 para atualizar a frota existente e especialmente, abrir novas rotas para responder à necessidade de ampliação contínua do turismo no Japão, bem como expansão de conexões regionais. As aeronaves ATR provaram seu valor para a abertura de novas linhas com uma média de cerca de 100 novas conexões por ano e um recorde de 155 novas rotas em 2017. Os jatos consomem cerca de 80% mais combustível e são 45% mais caros para operar do que a versão ATR 72-600, além da capacidade do modelo em operar em pistas curtas que não podem ser utilizadas por outros jatos regionais. A fabricante já registrou mais de 1.700 aeronaves vendidas para mais de 200 operadores em cerca de 100 países. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn