Bell se aproxima da certificação do modelo 525

Cerca de seis anos após o primeiro voo do mais novo e maior helicóptero civil da Bell, o 525 Relentless, seu desenvolvimento e programa de certificação de teste de voo estão chegando ao fim. "De modo geral, o plano é concluir nossos testes necessários para a certificação no primeiro semestre deste ano", disse o especialista sênior do programa Bell 525, Brendan Lanigan. "Na verdade, estamos ficando sem testes para realizar. Isso é empolgante para aqueles de nós que estamos envolvidos no programa há algum tempo. ”

No entanto, o desenvolvimento do helicóptero supermédio de 16 passageiros não foi fácil, com a ruptura fatal do veículo de teste de voo 525 1 em julho de 2016, bem como a introdução de novas tecnologias, como fly-by- wire em um helicóptero que será certificado como Parte 29. “No mundo dos helicópteros Parte 29, fly-by-wire não foi considerado nesses regulamentos”, acrescentou Lanigan. “Há muito terreno novo que precisa ser mapeado.”

Lanigan se recusou a especular sobre quando a certificação de tipo da FAA para o helicóptero bimotor poderá acontecer. Em meados de março, o programa de teste de voo de 525 acumulou pouco mais de 1.800 horas de teste de voo, o que proporcionou a Bell o conhecimento do desempenho do helicóptero em áreas como consumo de combustível, velocidade e capacidade de alcance, disse ele.

Foto: Bell

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn