Bell subsituirá coletivos dos 505 rachados

 

Em uma carta informativa emitida aos clientes no início desta semana, a Bell disse que está tentando eliminar a exigência de inspeção nos coletivos dos  pilotos do lado direito em seu Modelo 505. A empresa está trabalhando com seu fornecedor (a Mecaer) para reformar, trocar os coletivos nos helicópteros monoturbina leves.

Os requisitos para as inspeções repetitivas foram cobrados pela Transport Canada e pela FAA no final de fevereiro, após relatos de rachaduras nos coletivos que poderiam levar a uma falha catastrófica e perda de controle da aeronave.

Bell disse que sua estratégia para eliminar a inspeção de 25 horas era exigir que os helicópteros voassem apenas do assento esquerdo como uma "medida provisória" e que a empresa está "trabalhando diligentemente para introduzir uma correção permanente com base em testes e dados recebidos do campo. As opções de ação corretiva estão atualmente em revisão de engenharia após a fase de design.”

No entanto, Bell alertou que “teremos quantidades limitadas de peças de reposição para oferecer após o lançamento das alterações de projeto aprovadas. Inicialmente, forneceremos conjuntos de coletivos de reposição, caso a caso, para aqueles com necessidade mais urgente. Conforme as opções de retrabalho forem aprovadas, aumentaremos o fornecimento para atender à demanda”. Bell disse aos clientes que os custos associados ao requisito de inspeção de 25 horas seriam cobertos pela garantia.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn