Boeing amplia unidade para suportar produção do 777X

Instalação com mais 90 mil metros quadrados começa a usinar peças para a mais nova família de aeronaves widebody

Os funcionários e membros da fabricante norte-americana Boeing comemoraram a expansão de mais 90 mil metros quadrados na unidade fabril de Helena para suportar a produção de partes da nova aeronave 777X. A fábrica está preparada para instalar novas máquinas-ferramentas para produzir peças de titânio críticas que serão utilizadas no modelo. Agora, com mais de 257 mil metros quadrados, a unidade é uma parte vital da cadeia de suprimentos especializada em usinagem complexa de metais duros para as aeronaves 737, 747, 767, 787 e agora o 777X.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn