Boeing divulga balanço de entregas e encomendas do último mês

A Boeing recebeu 46  novos pedidos para aeronaves comerciais em abril, mas continuou registrando cancelamentos, inclusive para o 737 Max e o 777. Os clientes cancelaram 34 aeronaves no mês, deixando a Boeing com 12 novos pedidos líquidos para o período, informou a empresa em 10 de maio. Os 46 novos pedidos da Boeing em abril incluíram 44 737 Max, incluindo seis e nove encomendados pelos arrendadores AerCap e Aviation Capital Group, respectivamente. Clientes não identificados foram responsáveis ​​por 28 dos pedidos, juntamente com um pedido de jato BBJ baseado no 737 de um cliente não identificado.

Os 34 cancelamentos incluíram 32 737 Max: cinco cancelados pelo arrendador Air Lease, dois pela Aviation Capital e 25 cancelados pela Malaysia Airlines. O cancelamento deste último segue a notícia em fevereiro de que pretende arrendar 25 737 Max da Air Lease. Além disso, a AerCap cancelou pedidos de dois 787-10 em abril, diz a Boeing. Também em abril, a Boeing adicionou 65 aeronaves de volta à sua carteira de pedidos por meio de ajustes contábil chamado “ASC-606”.

A Boeing entregou 35 aeronaves em abril, incluindo 29 737s, deixando-a aquém de sua meta de entregar 31 dos narrowbodies mensalmente no início deste ano. A empresa encerrou abril com 4.218 aeronaves em carteira, ante 4.167 um mês antes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn