Boeing divulga relatório mostrando desempenho ambiental

Documento destaca como a empresa está projetando e construindo produtos de maneira sustentável, conservando recursos e reduzindo o desperdício em suas atividades globais

A fabricante norte-americana Boeing divulgou seu relatório Global Environment 2020, destacando como está projetando e construindo produtos de maneira sustentável, conservando recursos e reduzindo o desperdício em suas atividades globais e estabelecendo metas ambiciosas para 2025, que incluem reduções significativas de emissões, resíduos e consumo de água e energia, tendo feito um sólido progresso em direção a essas metas durante o ano passado. Os destaques ambientais da empresa em 2019 incluíram desenvolvimento de novos produtos que são de 15% a 25% mais eficientes no suporte à meta da indústria aeroespacial de alcançar um crescimento global neutro em carbono este ano e gerar uma redução de 50% nas emissões de carbono até 2050; oferecer aos clientes a opção de levar seus novos aviões com combustível sustentável no traslado; reduzir os resíduos sólidos enviados para aterros em 15% e o consumo de água em 7% desde 2017, avançando significativamente a meta da empresa de reduzir em 20% as duas métricas até 2025; lançamento do banco de testes de voo 777 ecoDemonstrator para avaliar tecnologias sustentáveis, incluindo a aleta de asa que melhora a eficiência durante a decolagem e aterrissagem e pode economizar milhões de galões de combustível por ano para as companhias aéreas; e colaborar com parceiros externos e organizações sem fins lucrativos locais para apoiar a sustentabilidade ambiental por meio de divulgação educacional, envolvimento da comunidade, conservação da terra e restauração de habitats. A Boeing está trabalhando para atingir suas metas ambientais até 2025, que incluem reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 25%, diminuir o uso de água e resíduos sólidos para aterro em 20%, reduzir uso de energia em 10% e resíduos perigosos em 5% nos locais de trabalho. As ofertas de produtos eficientes em termos de combustível estão permitindo que a indústria alcance uma abordagem global para o crescimento neutro em carbono a partir de 2020 e uma redução de 50% até 2050. O documento completo pode ser visualizado no endereço eletrônico http://www.boeing.com/principles/environment/report/index.page .

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn