Boeing doa US$ 3 milhões para universidade aeronáutica

Contribuição vai acelerar o treinamento de pilotos e programas de manutenção da aviação

A fabricante norte-americana Boeing concedeu uma doação de US$ 3 milhões para a universidade aeronáutica Embry-Riddle para acelerar o treinamento de pilotos e programas de manutenção da aviação. O investimento criará uma dotação permanente para financiar bolsas de estudo anuais e custos de certificação relacionados a preparação de profissionais e programas de manutenção. Parte dos recursos serão disponibilizados para todos os alunos com foco no aumento do número de mulheres, veteranos militares e estudantes de minorias matriculados nos cursos. De acordo com da empresa, a indústria precisará de 790.000 novos pilotos de aviação civil e 754.000 novos técnicos de manutenção para voar e manter a frota mundial nos próximos 20 anos. A previsão inclui as indústrias de aviação comercial, executiva e helicópteros civis. Em 2018, a Boeing contribuiu com um valor recorde de US$ 284 milhões para construir comunidades melhores em todo o mundo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn