Boeing é reconhecida pela liderança em sustentabilidade

Reciclagem inovadora desvia até um milhão de libras de resíduos em toda a empresa e gera receita

A fabricante norte-americana Boeing recebeu o prêmio de liderança em sustentabilidade 2020 da National Association of Manufacturers. A distinção reconhece os esforços inovadores da empresa para reciclar a fibra de carbono aeroespacial, desviando os resíduos de aterros em todo o mundo. Desde 2018, a companhia fez parceria com a ELG Carbon Fiber, com sede no Reino Unido, para reciclar o excesso de fibra de carbono aeroespacial. A Boeing coleta o material de sucata, que a ELG então trata em um forno para remover os agentes de ligação. O resultado desse processo é um material limpo que pode ser vendido a terceiros na fabricação de produtos como acessórios eletrônicos e equipamentos automotivos. O processo de reciclagem de fibra de carbono já foi implementado em 11 das fábricas globais de aviões da Boeing, que treinará outras empresas no processo de reciclagem, começando pela cadeia de suprimentos. A fabricante está trabalhando para atingir várias metas ambientais até 2025, que incluem a redução das emissões de gases de efeito estufa em 25%; uso de água e resíduos sólidos para aterro em 20%; uso de energia em 10%; e resíduos perigosos em obras em 5%. As ofertas de produtos com eficiência de combustível e o trabalho com as partes interessadas da indústria estão permitindo que a aviação alcance uma abordagem global para o crescimento neutro em carbono de 2020 em diante e uma redução de 50% nas emissões de CO2 até 2050 em comparação com os níveis de 2005.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn