Boeing entregou 21 aeronaves 737 MAX em janeiro

Boeing divulgou seus números de janeiro, e a fabricante de aviões norte-americana conseguiu entregar 26 jatos no mês passado. 21 dessas aeronaves foram 737 MAX, que foi reautorizado para voar em vários países ao redor do mundo.

Agora que o 737 MAX pode retomar as operações nos Estados Unidos, Canadá, Europa e muito mais, várias companhias aéreas podem retomar as entregas de seus pedidos e colocar o jato em serviços regulares de passageiros.

Embora a crise global tenha reduzido significativamente a atividade de viagens aéreas, as companhias aéreas em alguns países podem utilizar o 737 MAX para operações domésticas. Isso torna os pedidos pendentes um pouco mais fáceis de aceitar quando comparados aos widebodies maiores que só podem ser utilizados para voos transoceânicos e intercontinentais.

É por isso que mais da metade dos 21 MAXs entregues, 12 para ser preciso, foram para transportadoras americanas: cinco para American Airlines, cinco para United Airlines e dois para Alaska Airlines

Esses jatos serão utilizados principalmente em serviços de curta distância, bem como em destinos no sul do Caribe e América Central.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn