Boeing estima que Ásia-Pacífico será responsável por 1/3 da demanda por pilotos e técnicos em 20 anos

  • Indústria
  • Notícias
  • Boeing estima que Ásia-Pacífico será responsável por 1/3 da demanda por pilotos e técnicos em 20 anos

Região também lidera a demanda por novas entregas de aviões comerciais no período com 40%

A fabricante norte-americana Boeing estima que a Ásia-Pacífico terá a maior demanda global por novos profissionais da aviação civil nos próximos 20 anos. A região é projetada para responder por 33% da necessidade global de pilotos, 34% para técnicos e 36% para a tripulação de cabine. Assim como a demanda de pessoal, a região também lidera a demanda por novas entregas de aviões comerciais no período com 40%. De acordo com a perspectiva, a demanda  por novos pilotos da aviação comercial na região continua forte com cerca de 240.000. Embora a demanda tenha diminuído 5%, isso foi impulsionado por tendências regionais que indicam um pico nas aposentadorias de pilotos na primeira década da previsão e um abrandamento da demanda de substituição nos anos posteriores, devido a uma geração mais jovem entrar na lista. A procura de técnicos  diminuiu 5%, para 242.000. Isso se deve aos avanços no desenvolvimento de produtos, que resultaram em maiores eficiências de manutenção. Em geral, as horas de manutenção necessárias durante a vida útil do avião serão reduzidas. Já a demanda de tripulação de cabine comercial aumentou 3%, para 317.000, devido ao mix antecipado de frota, configuração de cabine e requisitos regulatórios. Pela primeira vez, as perspectivas incluíram os mercados de helicópteros e aviação executiva. A inclusão desses setores aumenta a demanda da região para 261.000 pilotos, 257.000 técnicos e 321.000 tripulantes de cabine. Para mais informações sobre o estudo de mercado, acesse o endereço http://www.boeing.com/commercial/market .

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn