Boeing finaliza participação em Dubai com pedidos e compromissos para 95 aviões comerciais

  • Indústria
  • Notícias
  • Boeing finaliza participação em Dubai com pedidos e compromissos para 95 aviões comerciais

Acordos incluindo o modelo 737 MAX estão avaliados em mais de US$ 17,4 bilhões

A fabricante norte-americana Boeing apresentou seu amplo portfólio de produtos, serviços e tecnologias comerciais, de defesa e espaciais durante o Dubai Airshow 2019. A empresa se concentrou em segurança, inovação e parcerias no crescente mercado do Oriente Médio, demonstrando seu compromisso com o retorno seguro ao serviço do modelo 737 MAX. No evento, a empresa anunciou pedidos, compromissos e acordos para 95 aviões comerciais, avaliados em mais de US$ 17,4 bilhões. Isso incluiu um contrato de compra com a companhia Emirates para 30 aviões 787-9 Dreamliner, a intenção da Air Astana de encomendar 30 aviões 737 MAX 8, a compra de outros dez aviões do tipo pela SunExpress, além de um pedido da Biman Bangladesh para dois 787-9 Dreamliner e um memorando de entendimento com a República do Gana para três 787-9. No segmento de defesa e espaço, a fabricante destacou oportunidades internacionais para várias plataformas, incluindo caças, helicópteros militares, o treinador T-7, o P-8 Poseidon e o reabastecedor KC-46, que fizeram sua estréia no Oriente Médio. A empresa também anunciou o nome de sua joint venture de defesa com a Embraer, que desenvolverá novos mercados para as aeronaves C-390 Millennium de transporte aéreo e mobilidade aérea. A Boeing também impulsionou os negócios de serviços no show, assegurando acordos com nove clientes no Oriente Médio, incluindo um contrato inicial com a Etihad Airways para fornecer vários serviços para a frota de 787 Dreamliner.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn