Boeing libera ajuda inicial de US$ 50 milhões para afetados por acidentes do 737 MAX

As verbas distribuídas serão independentes de qualquer resolução fornecida através do processo legal

A fabricante norte-americana Boeing anunciou que destinou US$ 50 milhões iniciais de um fundo anunciado anteriormente de US$ 100 milhões para fornecer assistência financeira de curto prazo às famílias das vítimas dos acidentes com o modelo 737 MAX. A empresa também contratou Kenneth Feinberg e Camille Biros, renomados especialistas em estabelecer e supervisionar fundos de compensação de vítimas, para projetar e administrar os valores. Todas as verbas distribuídas serão independentes de qualquer resolução fornecida através do processo legal.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn