Boeing registra receita recorde de US$ 101,1 bilhões em 2018

Durante o quarto trimestre a fabricante entregou 238 aviões comerciais e 806 durante o ano

A fabricante norte-americana Boeing reportou ter obtido receita no quarto trimestre de 2018 de US$ 28,3 bilhões, lucro GAAP por ação de US$ 5,93 e lucro por ação principal de US$ 5,48. Esses resultados refletem entregas comerciais recordes, maior volume de defesa e serviços e forte desempenho que superou os impactos fiscais favoráveis ​​registrados no quarto trimestre de 2017. A companhia gerou fluxo de caixa operacional de US$ 2,9 bilhões e recomprou 1,6 milhão de ações por US$ 0,6 bilhão e pagou US$ 1,00 bilhão em dividendos. Durante o ano a receita atingiu um recorde de US$ 101,1 bilhões, refletindo o aumento das entregas comerciais. Registros para ganhos GAAP por ação de US$ 17,85 e lucro por ação básica de US$ 16,01 foram impulsionados por maior volume, mix melhorado e execução sólida. O fluxo de caixa operacional para o ano foi de US$ 15,3 bilhões. Durante o quarto trimestre a fabricante entregou 238 aviões comerciais e 806 durante o ano. O programa 737 entregou 111 aviões MAX no período e 256 em 2018. A divisão registrou 262 pedidos líquidos durante o trimestre, avaliados em US$ 16 bilhões. O backlog continua com quase 5.900 aviões avaliados em US$ 412 bilhões. Mais informações no portal www.boeing.com.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn