Boeing suspenderá a produção do 787 Dreamliner na Carolina do Sul

Medida será implementada a partir do dia 8 de abril até novo aviso

A fabricante norte-americana Boeing anunciou que suspenderá temporariamente a produção do jato 787 Dreamliner na unidade da Carolina do Sul até novo aviso, a partir do próximo dia 8 de abril. A ação afetará o campus do aeroporto, operações emergentes, centro de interiores e propulsão. Os empregados que podem trabalhar remotamente continuarão a fazê-lo e os que não puderem receberão uma licença remunerada por dez dias úteis a contar da suspensão. Após esse período, os colaboradores terão a opção de usar uma combinação de benefícios pagos remunerados disponíveis ou apresentar um pedido de auxílio-desemprego emergencial do estado. Todos os benefícios continuarão normalmente durante a interrupção das operações. Por outro lado, a empresa continuará realizando atividades de limpeza aprimoradas no local e monitorando a cadeia de suprimentos global à medida que a situação evolui. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn