Boeing terá que pagar mais de 2,5 bilhões de dólares

 

A Boeing anunciou que celebrou um acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ), que resolve a investigação do Departamento sobre a Empresa relacionada à avaliação do avião Boeing 737 MAX pela Federal Aviation Administration (FAA).

Como parte da resolução da Boeing com o DOJ, o Departamento concordou em adiar o processo contra a empresa, desde que a Boeing cumpra as obrigações estabelecidas em um acordo de processo diferido de três anos, após o qual a acusação será encerrada.

 

Segundo o acordo, a Boeing pagará uma multa de US$ 243,6 milhões e fornecerá US$ 500 milhões em indenização adicional às famílias das pessoas perdidas nos acidentes da Lion Air e da Ethiopian Airlines. O acordo também inclui o compromisso de fornecer US$ 1,77 bilhão aos clientes das companhias aéreas da Boeing como parte dos esforços contínuos da empresa para compensar esses clientes por perdas financeiras resultantes da parada do 737 MAX.

Foto: Boeing

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn