Bombardier anuncia intervalos maiores de manutenção para jatos CRJ

Check A foi estendido para 800 horas de voo e o intervalo de verificação pesada (check C) subiu para 8.000 horas de voo

A fabricante canadense Bombardier anunciou que a Agência Federal de Aviação (FAA) aprovou o escalonamento dos intervalos de revisão para aeronaves CRJ700, CRJ900 e CRJ1000. O intervalo de manutenção da linha (check A) foi estendido para 800 horas de voo e o intervalo de verificação pesada (check C) subiu para 8.000 horas de voo. Dessa forma, as operadoras desses jatos agora podem projetar 14% menos dias de manutenção, o que significa mais tempo para obtenção de receita. Os intervalos de manutenção dobraram desde o lançamento da família de aeronaves CRJ. Os novos espaçamentos são aplicáveis ​​para novas entregas de produção, bem como para todas as aeronaves em serviço.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn