Bombardier divulga os resultados financeiros do primeiro trimestre

A receita consolidada da fabricante atingiu US$ 3,7 bilhões, aumentando de 5% na comparação anual

A fabricante canadense Bombardier anunciou os resultados financeiros registrados no primeiro trimestre de 2020, onde obteve liquidez de aproximadamente US$ 3,5 bilhões, que incluiu US$ 2,1 bilhões em dinheiro disponível, acesso ao valor não utilizado de aproximadamente US$ 860 milhões na linha de crédito rotativo e cerca de US$ 550 milhões em recursos provenientes da venda do Programa CRJ, que deve terminar em 1º de junho, pois todas as condições de fechamento foram atendidas. Não obstante o impacto da redução de atividades e restrições de viagens na segunda quinzena de março devido à pandemia global do COVID-19, a Bombardier registrou receitas consolidadas de US$ 3,7 bilhões no trimestre, aumento de 5% no segmento da aviação e excluindo o impacto da conversão de moeda. Esse crescimento foi impulsionado principalmente pelas entregas adicionais do jato Global 7500. O EBITDA ajustado e o EBIT ajustado foram de US$ 171 milhões e US$ 60 milhões, respectivamente, no trimestre. O uso de caixa das operações no período chegou a US$ 1,5 bilhão. O uso do fluxo de caixa livre totalizou US$ 1,6 bilhão, incluindo um impacto estimado entre US$ 600 a 800 milhões devido ao COVID-19, refletindo a incapacidade de entrega de aeronaves após restrições impostas pelo governo, paralisações temporárias na produção de vários locais importantes e entrada de pedidos abaixo do esperado. Mais informações no portal www.bombardier.com.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn