Centro de manutenção da LATAM inicia produção de máscaras para proteção

Peças de tecido serão utilizadas pelos funcionários da companhia, que já realiza testes para produção de modelo de acrílico de uso hospitalar

O centro de manutenção da companhia aérea LATAM, localizado em São Carlos/SP, adaptou uma parte de sua operação para realizar a produção de máscaras para a proteção contra a propagação do COVID-19. A estimativa é produzir 15.000 peças reutilizáveis de tecido por mês para o uso dos funcionários das áreas operacionais. A produção está sendo realizada de forma industrial pela oficina de costura da empresa, especializada na elaboração e reparos de materiais de tapeçaria das aeronaves, como poltronas e cortinas. Além disso, as equipes de engenharia química do MRO determinaram rigorosos processos de higienização para a entrega segura das máscaras em kits para seus funcionários de aeroportos, tripulantes e mecânicos. As peças reutilizáveis seguem todas as recomendações do Ministério da Saúde e de autoridades sanitárias. Os funcionários também serão instruídos quanto ao processo de higienização diário após o uso dos itens, que devem ter durabilidade de dez usos cada. O MRO da empresa também já desenvolveu um protótipo de máscara acrílica hospitalar para o uso de médicos e profissionais de saúde. O modelo está sendo avaliado por profissionais especializados que estão atuando no atendimento a pacientes contaminados e assim que for aprovado, deverá ter sua produção iniciada pela companhia.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn