CEO da Boeing atualiza os funcionários sobre os resultados do quarto trimestre

2020 foi um ano de profunda ruptura social e global, que impactou significativamente nosso setor. Diante desses desafios, demos passos importantes para fortalecer nossos processos de segurança, reconstruir a confiança e transformar nossos negócios para nos prepararmos para uma recuperação robusta.

Os impactos profundos do COVID-19 nas viagens aéreas comerciais, bem como no aterramento do 737 MAX, refletem-se em nosso desempenho. Nosso portfólio equilibrado de diversos programas de defesa, espaço e serviços continua a fornecer uma estabilidade importante para nós, enquanto estabelecemos as bases para a recuperação do mercado comercial.

Estou extremamente orgulhoso do trabalho árduo e da dedicação de nossa equipe ao redor do mundo e continuo confiante em nosso futuro. Trabalhando juntos, vamos promover mudanças fundamentais e duradouras em nossa empresa para fortalecer nossa cultura, melhorar nosso desempenho e garantir que sejamos mais resilientes, produtivos e competitivos a longo prazo.

Como parte de nossos resultados do quarto trimestre, compartilhamos que a primeira entrega do 777X ocorrerá no final de 2023. Este cronograma e o impacto financeiro associado refletem uma série de fatores, incluindo uma avaliação atualizada dos requisitos de certificação global, nossa última avaliação dos impactos do COVID-19 na demanda do mercado e discussões com os clientes a respeito do tempo de entrega das aeronaves.

Foto: Boeing

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn