Coalizão pela Energia do Futuro: primeiras sete ações e três novos membros

 

A Airbus apresenta as três aeronaves-conceito de emissão zero conhecidas como ZEROe. Esses conceitos incluem turbofan, turboélice e configurações de corpo de asa mista que são movidos por propulsão de hidrogênio. Todos os conceitos ZEROe são aeronaves híbridas de hidrogênio

Lançada no final de 2019, a Coalizão para a Energia do Futuro visa acelerar o desenvolvimento de energias e tecnologias futuras para sustentar novos modelos de mobilidade verde e reduzir o impacto do transporte e da logística nas mudanças climáticas. Os sete primeiros marcos a serem alcançados em ainda em 2021 são:

·         Hidrogênio verde

·         Biocombustível

·         Gás natural liquefeito de carbono neutro (LNG)

·         Eletricidade verde

·         Veículos de emissão zero para transporte rodoviário, aéreo e marítimo

·         Ecocalculadora digital da cadeia de transporte global

·         Hubs verdes intermodais

Airbus, Bureau Veritas e PSA International unem-se à Coalizão pela Energia do Futuro. Elas se juntam à AWS, Carrefour, CMA CGM Group, Cluster Maritime Français, Crédit Agricole CIB, ENGIE, Faurecia, Michelin, Schneider Electric, Total e Wärtsilä.

As 14 empresas continuarão a trabalhar juntas nos próximos meses para desenvolver novos projetos concretos que vão mais longe na luta contra as mudanças climáticas.

Foto: Airbus

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn