Demanda mundial por viagens aéreas apresenta crescimento de 2,4% em janeiro

Tráfego agora começa a ser afetado pela crise do COVID-19

A Associação Internacional de Transporte Aéreo anunciou dados globais de tráfego de passageiros para o último mês de janeiro, mostrando que a demanda aumentou 2,4% em relação ao mesmo período de 2019, o menor aumento mensal desde abril de 2010, na época da crise das nuvens de cinzas vulcânicas na Europa, que levou ao fechamento maciço do espaço aéreo e ao cancelamento de voos. O tráfego agora começa a ser afetado pela crise do COVID-19. A capacidade no mês aumentou 1,7% e o fator de ocupação aumentou 0,6 ponto percentual, atingindo 80,3%. As companhias aéreas latino-americanas sofreram uma queda na demanda de 3,7% em janeiro em comparação com o mesmo mês do ano passado, o que foi uma deterioração adicional em comparação com a queda de 1,3% registrada em dezembro. O movimento de transportadoras latino-americanas agora é particularmente fraco há quatro meses consecutivos, refletindo a contínua agitação social e dificuldades econômicas em vários países da região não relacionados ao COVID-19. A capacidade caiu 4,0% e o fator de ocupação subiu 0,2 ponto percentual, chegando a 82,7%. Mais informações no portal www.iata.org.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn