Demanda por viagens domésticas recua 93,1% em abril

Em razão da pandemia do COVID-19, a oferta de voos teve redução de 91,6% no país

Devido à pandemia do COVID-19, a demanda doméstica teve redução de 93,1% em abril deste ano, na comparação com igual período de 2019. A redução já era esperada em virtude da implementação da malha aérea essencial que reduziu em 91,6% a oferta de voos no país. Em março, mês em que foram anunciadas as primeiras medidas de isolamento e fechamento de fronteiras, a procura doméstica registrou redução de 32,9%. Foram transportados 399.588 passageiros em abril e a participação das empresas mostrou a Gol na liderança com 37,2%, seguida pela Azul com 36,7% do mercado e a LATAM, que ficou com 25,8%. A ocupação das aeronaves no período chegou a 65,4%. Mais informações no portal www.anac.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn