Embraer anuncia novos contratos para E-Jets durante o Paris Air Show

Fabricante também divulgou novos compromissos para a família de jatos E2 de clientes não divulgados

A fabricante brasileira Embraer anunciou novos contratos para aeronaves durante o Paris Air Show. O primeiro deles foi com a companhia aérea Fuji Dream Airlines para um pedido firme de três jatos E175, com direitos de compra para mais três aeronaves do tipo em acordo estimado de USD 274 milhões, caso todos os direitos de compra sejam exercidos. O segundo contrato foi com a operadora Belavia Airlines, a companhia aérea nacional da Bielorrússia, que fez um pedido firme para duas aeronaves da atual geração de E-Jets: um E175 e um E195 – ambos para entrega em 2018. O pedido firme tem valor de USD 99,1 milhões. O terceiro acordo para uma encomenda firme de dois jatos E190 foi feito com a KLM Cityhopper, subsidiária regional da KLM. As aeronaves têm preço de lista de USD 101 milhões. O quarto contrato foi com a subsidiária da Japan Airlines, J-AIR, que colocou um pedido firme para uma aeronave E190 avaliada em USD 50,6 milhões. Além disso, a Embraer divulgou novos compromissos para a família de jatos E2 de clientes não divulgados. Um pedido firme consiste em dez jatos E195-E2, com dez direitos de compra adicionais para o E190-E2. O contrato tem valor de USD 666 milhões. Outro compromisso com cliente não divulgado para 20 jatos E190-E2 está avaliado em USD 1,182 bilhão. Com estes dois anúncios, os aviões E-Jets E2 acumulam 285 pedidos firmes, além de 445 opções, direitos de compra e cartas de intenção, totalizando 730 compromissos de companhias aéreas e empresas de leasing.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn