Embraer comemora autorização para operação do E190-E2 em London City

Em um importante marco para o programa E2, o jato E190-E2, foi certificado para aproximação íngreme (steep approach), requisito para operar no Aeroporto de London City.

O Aeroporto de London City está localizado próximo ao distrito financeiro de Londres e é considerado o principal aeroporto de negócios da região, além de ser um importante hub para destinos na Europa continental em razão da conveniência e facilidade de acesso oferecidas ao passageiro.

Entretanto, para operar no LCY as aeronaves precisam ser compatíveis com os requisitos de aproximação íngreme e com a pista curta do aeroporto, atendendo às rígidas regulamentações de ruído das comunidades próximas.

Nos testes de certificação, os dados da EASA confirmaram que o E190-E2 tem os níveis de ruído mais baixos entre todas as aeronaves de um corredor de nova geração e será o único jato operando no LCY certificado pelo rigoroso regulamento do Capítulo 14 da ICAO.

“Para nós, isso representa um marco na aviação mais sustentável e estou ansiosa para ver mais aeronaves como essas em nossa rampa nos próximos anos”, disse Alison Fitzgerald, Diretora de Operações do Aeroporto de London City.

A aeronave é 17% mais eficiente do que sua antecessora em consumo de combustível e emissões, ao mesmo tempo em que seu desempenho foi aperfeiçoado – o alcance partindo do LCY quase dobrou com o E190-E2 para mais de 4.000 km, possibilitando o alcance de destinos como Istambul (Turquia), Casablanca (Marrocos) e Moscou (Rússia).

Foto: Embraer

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn