Embraer reprograma a entrada em serviço do jato E175-E2 para 2023

Até lá a fabricante continuará oferecendo o modelo E175 da primeira geração aos operadores

A fabricante brasileira Embraer anunciou que considerando as condições de mercado da aviação comercial em todo o mundo, em virtude da pandemia do COVID-19, confirma que está reprogramando a entrada em operação do jato E175-E2 para 2023. A empresa afirma que mantém o desenvolvimento da aeronave, o terceiro integrante da nova versão da família de jatos, ainda que de maneira mais prolongada. A fabricante acredita que o E175-E2 estará disponível no momento mais adequado para entrar em serviço para atender à demanda do mercado pela variante. Até lá, a Embraer continuará oferecendo o jato E175 da primeira geração de E-Jets, líder em seu mercado, eficiente e confortável na categoria de 76 assentos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn