A Erickson planeja fazer o primeiro voo de seu guindaste S-64F + Air Crane opcionalmente pilotado no próximo ano, com as entregas aos clientes da nova variante de helicóptero começando já em 2024. A aeronave será equipada com a tecnologia piloto opcional Matrix da Sikorsky e novos motores turboeixo com Fadec. Um HUD também pode estar disponível para o F+ em conjunto com o novo canhão de água aéreo de Erickson.

Um executivo sênior da Erickson disse que o desempenho alto / quente do F+ será melhorado em relação ao modelo de produção atual. As novas pás do rotor principal compostas sozinhas irão aumentar a carga útil a 25º C e 8.000 ft (2.440 m) em 88%- oferecendo um adicional de 755 libras (340 kg) – enquanto a taxa de subida com peso bruto máximo e 2.000 ft (610 m) aumentará 69,2%, de 1.300 fpm (7 m/s) para 2.200 fpm (11 m/s). Esses números serão melhorados ainda mais com o novo motor, disse ele.

Agora, reaproveitando a fuselagem Sikorsky CH-54 da era do Vietnã para sua nova aeronave de produção, Erickson disse que logo as esgotaria e que precisava começar a fabricar novas aeronaves do zero. Para esse fim, Erickson atualizou recentemente seus recursos de fabricação com impressão 3D e dados digitais.

Foto: Divulgação