FAA autoriza aeronaves supersônicas a serem testadas sobre terra

As aeronaves supersônicas acabaram de receber um grande incentivo da Administração Federal de Aviação. Uma nova regra permitirá testes limitados de aeronaves Mach 1-plus em terra. Até agora, líderes como Aerion, Boom e Spike estavam limitados a testes sobre a água.

A decisão da FAA ainda proíbe o voo supersônico ilimitado sobre solo americano, mas abre um caminho para isenções para testar aeronaves experimentais.

A agência norte-americana também espera levar as autoridades da aviação de outros países a seguirem uma direção semelhante, de modo que o voo supersônico transcontinental possa se tornar realidade nos próximos oito anos.

Tom Vice, presidente da Aerion, considerou a decisão um "marco significativo" para o voo supersônico. “Nosso AS2 será a primeira aeronave supersônica a entrar em serviço comercial em 51 anos, e isso dá à nossa empresa a capacidade de testá-lo em terra, além dos testes sobre a água atualmente planejados.

Esta próxima geração de fabricantes de aeronaves supersônicas colocou a sustentabilidade do combustível e a redução de ruído – ou o infame boom sônico – no centro de seus programas.

Foto: Aerion

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn