Honeywell está desenvolvendo um motor de aeronave híbrido-elétrico

 

A aviação comercial é freqüentemente apontada como o bad boy das emissões de carbono. A tecnologia dos motores teve um desenvolvimento significativo nos últimos anos. Isso foi destacado pela introdução do Airbus A320neo pela Lufthansa em 2016. Agora, a Honeywell Aerospace anunciou que está desenvolvendo uma fonte de energia para aeronaves híbridas-elétricas.

Ele centralizará seu novo sistema em torno de um pequeno, mas poderoso, turbogerador, que planeja operar com biocombustível. Esse combustível tem semelhanças químicas com os combustíveis fósseis tradicionais, mas é feito de fontes alternativas mais sustentáveis.

O novo gerador Honeywell de 1 megawatt pesará apenas 127 kg. Apesar do seu pequeno tamanho, a empresa planeja que ele seja duas vezes e meia mais poderoso do que a versão existente. Ele combinará o turbogerador com sua unidade de energia auxiliar (APU) HGT1700 para formar o sistema de fonte de energia completo. Stephane Fymat da Honeywell Aerospace afirma:

“Há uma necessidade inerente de energia elétrica e híbrida-elétrica conforme o segmento de mobilidade aérea urbana toma forma e veículos aéreos não tripulados entram em serviço. Nossos turbogeradores fornecem um pacote seguro e leve para atender a esses segmentos em expansão, e estamos projetando nossas soluções para atender às necessidades exclusivas dos clientes que desenvolvem os veículos aéreos do futuro.”

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn