IATA divulga dados de desempenho em segurança das companhias aéreas em 2018

Estatísticas apresentaram um aumento de acidentes em comparação com o ano anterior

A Associação Internacional de Transporte Aéreo divulgou dados para o desempenho em segurança durante 2018 da indústria de linhas aéreas comerciais, mostrando melhorias contínuas a longo prazo, mas apresentando um aumento de acidentes em comparação com o ano anterior. A taxa de todos os acidentes (medida em ocorrência por um milhão de voos) foi de 1,35, o equivalente a um acidente para cada 740.000 operações. Esta foi uma melhoria em relação à taxa de acidentes de 1,79 para o período anterior de cinco anos (2013-2017), mas uma queda em comparação com o desempenho recorde de 2017 de 1,11. A taxa de 2018 para acidentes com jatos principais (medida em perdas de casco por um milhão de voos) foi de 0,19, o que equivale a um acidente grave para cada 5,4 milhões de voos. Esta foi uma melhoria em relação à taxa do período anterior de cinco anos (2013-2017) de 0,29, mas não tão boa quanto a taxa de 0,12 registra em 2017. Houve 11 acidentes fatais com 523 mortes entre passageiros e tripulantes no ano passado. Isso se compara com uma média de 8,8 acidentes fatais e aproximadamente 234 mortes por ano nos últimos cinco anos. Em 2017, a indústria experimentou seis acidentes fatais com 19 mortes, o que foi uma baixa recorde. Um acidente durante o ano também resultou na morte de 35 pessoas no solo. Mais informações no portal www.iata.org.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn