Jato Embraer E190-E2 completa turnê de demonstração mundial

Viagem passou por 39 países com apresentação para 120 empresas aéreas em 68 cidades

A fabricante brasileira Embraer anunciou que o jato E190-E2 ostentando a pintura de um tubarão na fuselagem, completou a turnê mundial de demonstração de cinco meses. Iniciada durante o Farnborough Airshow, no Reino Unido, em julho deste ano, a turnê da nova versão passou por 39 países, sendo exibido para 120 empresas aéreas em 68 cidades, percorrendo mais de 125 mil milhas náuticas (231 mil quilômetros), ou o equivalente a quase seis voltas ao redor na Terra, em mais de 350 horas de voos. Além de estar presente em Farnborough, o jato esteve na 12ª Exposição Internacional de Aviação & Aeroespacial da China e no evento ALTA Leaders Forum, no Panamá, além de visitar empresas aéreas nas Américas, Europa, Oriente Médio, África, China e na Ásia-Pacífico. Durante a viagem, o E190-E2 realizou pousos em alguns aeroportos que apresentavam diversos desafios operacionais, como pistas curtas, a exemplo de London City, em Londres, e em grandes altitudes, como no Tibet e no Nepal. Além disso, a aeronave visitou pontos extremos do planeta, como o Kiribati, na Oceania. Este é o primeiro de três novas variantes que a Embraer está desenvolvendo para suceder seus E-Jets. Comparado com a primeira geração, o E190-E2 oferece uma redução de 17,3% em termos de consumo de combustível com alcance máximo de até 5.300 km, ou cerca de 1.000 km a mais do que o E190 anterior. A versão também oferece economias significativas para as companhias aéreas em termos de custos de manutenção, com uma redução de até 25%. A aeronave possui maiores intervalos de revisão, com 10.000 horas de voo para verificações básicas e sem limite de calendário na utilização típica de E-Jets. Isso significa 15 dias adicionais de utilização em um período de dez anos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn