Joby Aviation adquire o Uber Elevate

A Joby Aviation está adquirindo o Uber Elevate, assumindo seus planos ambiciosos de lançar serviços comerciais de táxi aéreo usando aeronaves eVTOL até 2023. Detalhes sobre o preço de compra e os termos não foram divulgados em um anúncio feito na terça-feira (08/12).

Como parte do acordo, a controladora Uber Technologies disse que vai investir mais US$ 75 milhões na californiana Joby. Uber também divulgou que investiu US$ 50 milhões na Joby durante uma rodada de financiamento em janeiro de 2020, num total de US $ 125 milhões. No geral, Joby já arrecadou US $ 820 milhões em financiamento. A transação deve ser concluída no primeiro trimestre de 2021, sujeita à revisão regulatória e conclusão das condições de fechamento.

Joby e Uber irão integrar seus respectivos serviços aos aplicativos um do outro em uma mudança que, segundo eles, permitirá "integração perfeita entre viagens terrestres e aéreas para futuros clientes". De acordo com os planos que estão sendo desenvolvidos pelo Uber Elevate desde 2016, os serviços propostos de “compartilhamento de viagens aéreas” devem começar em Dallas e/ou Los Angeles em 2023.

A alienação do Uber Elevate pelo Uber e o planejado serviço Uber Air põem em questão o futuro envolvimento dos outros parceiros do programa: Aurora Flight Sciences (subsidiária da Boeing), Bell, Embraer, Hyundai, Jaunt Air Mobility, Overair (spin-off da Karem Aeronave) e Pipistrel. Entende-se que há mais dois parceiros não identificados no programa e que um deles pode incluir a Vertical Aerospace do Reino Unido.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn