LATAM Brasil conclui operação de 45 voos entre China e Brasil no combate ao COVID-19

Entre os meses de maio e julho a companhia transportou 3,2 mil toneladas de insumos médicos e outras cargas

A companhia aérea LATAM Brasil concluiu a operação inédita para trazer ao Brasil milhões de equipamentos destinados ao combate do COVID-19 no País. Ao todo, foram 45 voos em parceria com os setores público e privado que desde maio, transportaram um total 3,2 mil toneladas de carga, envolvendo 250 milhões de máscaras cirúrgicas e N95, monitores, respiradores, outros insumos hospitalares, além do transporte na ida à China, de diversas toneladas de frutas descarregadas na Europa. Esta operação foi a primeira da transportadora com destino ao país asiático e exigiu trabalho coordenado de diversas áreas para a definição da melhor logística. O primeiro voo foi realizado em 3 de maio na rota entre Guarulhos, Amsterdã e Xangai e desde então, 300 colaboradores estiveram envolvidos na atividade, entre mecânicos, despachantes operacionais, pilotos, supervisores, coordenadores, planejadores, funcionários de carga e apoio em solo. Do total de voos, 44 foram realizados em cinco aeronaves de passageiros Boeing 777-300ER, que além de operarem de forma rotativa, ainda foram totalmente adaptadas para comportar cargas até mesmo dentro da cabine. Um único voo foi realizado pelo modelo Boeing 787 da matriz chilena. As aeronaves voaram juntas aproximadamente 2.800 horas e dois milhões de quilômetros, passando por 11 fusos horários diferentes ao redor do planeta e utilizando oito destinos para pousos e escalas: Xangai, Guangzhou, Xiamen, Amsterdã, Auckland, Santiago, Rio de Janeiro e São Paulo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn