O X-59 da NASA aprovado para a montagem final

 

O demonstrador da NASA / Lockheed Martin X-59 Quiet SuperSonic Technology (QueSST) recebeu aprovação para a montagem final e integração após a revisão do projeto realizada pelos gerentes do programa na NASA em Washington. A NASA e a Lockheed Martin voltarão a se reunir no próximo ano para aprovar o primeiro voo, previsto para 2022.

Programado para se tornar o primeiro avião X pilotado em grande escala da NASA a voar para os céus em mais de três décadas, o demonstrador QueSST de quase 30 m de comprimento foi projetado para reduzir o estrondo sônico de velocidades supersônicas e testar os efeitos do previsto “boom suave” sobre as comunidades. Prevê-se que esta pesquisa ajude a formar possíveis novos regulamentos de ruído dos EUA e internacionais em torno de aeronaves supersônicas.

A Lockheed Martin está construindo a aeronave Mach 1,4 em sua fábrica da Skunk Works em Palmdale, Califórnia, sob um contrato de custo de US$ 247,5 milhões. A montagem final e a integração dos sistemas da aeronave, incluindo o Sistema de Visibilidade eXterna, que ajudará os pilotos a “enxergar” na cabine de comando sem janelas, está planejada para o final de 2021.

Foto: Lockheed Martin

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn