Rolls-Royce planeja fechamento temporário das fábricas no verão europeu

 

A fabricante de motores britânica Rolls-Royce está fazendo planos para uma paralisação temporária de suas instalações durante o verão europeu. A empresa está sofrendo a falta de vendas devido ao menor número de aeronaves voando, o que está afetando os requisitos de manutenção. A mudança, que ainda precisa ser aprovada pelo sindicato, pode afetar todos os 19.000 funcionários que trabalham em sua divisão aeroespacial civil.

As fábricas de motores a jato da Rolls-Royce devem ficar silenciosas, pela primeira vez em 40 anos, por um período de duas semanas, enquanto a fabricante se esforça para conter suas perdas. Com a retração no tráfego aéreo causada pela pandemia COVID-19, a empresa aeroespacial viu uma demanda menor do que o esperado por seus serviços.

O plano, revelado pela primeira vez pelo Sunday Telegraph, é provisório no momento e requer o acordo dos sindicatos de trabalhadores antes de poder ir adiante. Todos os 19.000 trabalhadores em sua divisão aeroespacial civil veriam uma queda salarial se ela continuasse.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn