Rotas aéreas são ajustadas em workshop realizado na ABEAR

Novo banco de linhas deve entrar em vigor a partir de dezembro

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas, a Associação Internacional de Transporte Aéreo e o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) realizaram entre 23 e 27 de setembro, o 4º Workshop de Tomada de Decisão Colaborativa de Rotas (CDM), com o objetivo de otimizar a utilização e propor ajustes no banco de rotas aéreas utilizadas no país. O evento foi realizado na sede da ABEAR em São Paulo e contou com a participação também das empresas Gol, LATAM e Passaredo, além de Azul, American Airlines, Delta e United Airlines. Das 190 rotas em vigor, três foram canceladas e 34 modificadas, atendendo demandas das empresas aéreas nacionais e internacionais. O novo banco de linhas deve entrar em vigor a partir de dezembro. Com a definição, o próximo ponto deste processo é a atualização do banco de rotas e o compartilhamento desses dados com as companhias aéreas. A implementação das alterações é rápida e estará disponível para as transportadoras antes de entrar em vigor, na plataforma AISWEB do DECEA, na seção de rotas preferenciais. Para as empresas brasileiras, o envio dos dados será feito diretamente pelo Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), órgão do DECEA responsável pelo controle do fluxo do espaço aéreo brasileiro. No caso das empresas internacionais que operam no Brasil, a intermediação desse processo ficará a cargo da IATA. Mais informações no portal www.abear.com.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn