Segundo Boeing 737Max 10 decola para campanha de testes

Mais uma aeronave Boeing 737 MAX 10 entrou na campanha de certificação nos Estados Unidos. O segundo protótipo do maior avião da família 737 já construída voou pela primeira vez em Renton, uma das fábricas da Boeing no estado americano de Washington. A aeronave matrícula N27752 realizou uma série de testes em voo e pousou cerca de 2 horas depois no aeroporto de Boeing Field, em Seattle.

Equipado com motores CFM International LEAP-1B, o jato poderá acomodar até 230 passageiros em configuração máxima, ou entre 188 e 204 em classes mistas. Com alcance de 3.300 milhas náuticas (6.110 km) – cerca de 400 milhas a mais do que qualquer outra versão do 737, o modelo segundo o fabricante terá custo operacional por assento 5% menor que o concorrente direto, o Airbus A321neo.

A United Airlines será o cliente lançadora do MAX 10 e a Gol Linhas Aéreas, a primeira companhia latino-americana a operar com o avião a partir de 2024. O custo de cada unidade da versão 10 está calculada em 134 milhões de dólares.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn