SITA celebra 60 anos oferecendo soluções para a indústria aérea

Empresa contribuiu fortemente para o desenvolvimento da infraestrutura aeroportuária com a implementação de novas tecnologias.

Em novembro de 1957, em um pequeno local de Buenos Aires, a empresa SITA iniciou suas operações na América Latina. Desde então, se tornou a principal fornecedora de tecnologia de TI e serviços de comunicação para o setor de transporte aéreo, com a Aerolíneas Argentinas entre seus principais clientes. Ao longo destes anos, a empresa contribuiu fortemente para o desenvolvimento da infraestrutura aeroportuária na região com a implementação de novas tecnologias. Até 1988, o check-in era manual e o primeiro aeroporto a ter o Equipamento Terminal de Uso Comum (CUTE) foi o do Rio de Janeiro. Já em 2005, os passageiros podiam fazer check-in nos quiosques de autoatendimento em Cancun. Nos últimos anos, a SITA apoiou a indústria aeronáutica latino-americana com tecnologia de ponta, facilitando a viagem a cada passo e melhorando a experiência do passageiro do futuro. O portfólio da SITA cobre todos os aspectos do setor, transformando áreas como processamento de passageiros, operações aeroportuárias, manuseio de bagagem, processos de migração e comunicações de aeronaves, tornando a indústria mais eficiente e efetiva. Quase todas as companhias aéreas e aeroportos do mundo fazem negócios com a SITA, enquanto suas soluções de gerenciamento de fronteiras são empregadas por mais de 30 instituições governamentais. Com presença em mais de 1.000 aeroportos em todo o mundo e com uma equipe de atendimento composta de mais de 2.000 pessoas, a SITA oferece apoio para mais de 2.800 clientes em 200 países. Em 2016, a SITA registrou receita consolidada de US$ 1,5 bilhão e mantém 277 funcionários na América Latina e no Caribe com 49 escritórios no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Guiana, México, Paraguai, Peru, Suriname, Venezuela, Aruba, Bahamas, Grenada , Guiana, Antígua e Barbuda, Sint Maarten, São Vicente e Granadinas, Barbados, Jamaica, Curaçao e Trinidad. Mais informações no portal www.sita.aero.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn