Air Canada planeja cortes para reduzir perdas

A companhia aérea canadense planeja cortar cerca de 15 rotas e estacionar 40 de suas 336 aeronaves, além de simplificar suas práticas internas e estruturas tarifárias. A Air Canada continua perdendo US$ 4 milhões ao dia e irá reduzir em 17% sua capacidade para a temporada do verão no hemisfério norte. A maioria dos cortes acontecerá nas rotas para os Estados Unidos e Ásia, que sofreu redução de 60% no tráfego aéreo devido a pneumonia asiática (SARS). Além disso, os vôos entre as cidades de Toronto e Tokyo e Vancouver e Nagoya vão ser suspensos por um ano. No primeiro trimestre deste ano, as perdas da companhia já atingiram US$ 354 milhões, resultado preocupante ante as perdas de US$ 828 milhões em 2002 e US$ 1,3 bilhão em 2001. Foto: José Carlos Masagão

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn