Aonde voa o ACJ?

O Airbus Corporate Jetliner (ACJ) demonstra suas qualidades diariamente em todo o mundo, quer operando em vôos executivos VIP, quer como avião de dirigentes de países, ou ainda em missões de corporações para vôos de longo alcance e com alto conforto. Até agora foram entregues um total de 14 aparelhos pela Airbus, dos quais 12 já estão em serviço. O ACJ é baseado no A319, que é a versão mais popular do A320, da família das aeronaves de um único corredor e que na América do Sul voam nas cores da empresa brasileira TAM, além da Lan Chile, Taca Peru e TAME, do Equador. Os ACJs são utilizados rotineiramente em rotas ETOPS de 120 minutos e já é esperada para 2004 a aprovação para serviço ETOPS de 180 minutos. Muitos dos vôos do ACJ são realizados na Europa, no Oriente Médio e na América do Norte. Em 2001, foi realizado um vôo ao redor do mundo que incluiu paradas tanto na Ásia como na América Latina. A versatilidade do ACJ para transporte de longo alcance é demonstrada pelo serviço de grande sucesso da DaimlerChrysler, iniciado em janeiro de 2000. O jato da empresa faz quatro viagens interatlânticas semanalmente entre Stuttgart, da matriz alemã e Auburn, em Michigan, mais duas por semana para sua fábrica em Vitória, na Espanha. O ACJ já realizou mais de 500 travessias através do Atlântico e nos dias em que faz a viagem de ida e volta entre a Europa e Estados Unidos, ele fica no ar cerca de 18 das 24 horas de um dia. Outro cliente é a Aero Services Executive, operador baseado no Aeroporto de Le Bourget, próximo a Paris, França, que utiliza o seu ACJ basicamente em vôos para o Oriente Médio, Estados Unidos e para a América Latina e sua clientela é formada tanto por executivos de diversas companhias como por dirigentes de seus países e VIPs. Outros ACJs estão em serviço com operadores de governos incluindo a França, Itália, Venezuela e o Brasil. A Qatar Airways tem um ACJ em serviço para vôos charter e executivos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn