Aviação comercial deve perder US$ 10 bilhões este ano devido a Sars

Segundo um estudo divulgado pela International Air Transport Association (IATA), as companhias aéreas do mundo todo devem registar em 2003 um prejuízo de cerca de US$ 10 bilhões, devido a forte retração na demanda de passagens provocada pela epidemia de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars). A IATA indica também, que apenas nos vôos domésticos americanos as perdas devem chegar aos US$ 4 bilhões. A entidade que congrega a aviação comercial alerta que as perdas em decorrência desta epidemia, deverão ser muito maiores do que as provocadas pela guerra no Iraque. Além disso, o prejuízo acumulado pelo setor desde os ataques terroristas de setembro de 2001, já chegam aos US$ 30 bilhões.