Azul arrenda aeronaves por meio de financiamento inédito

  • Notícias
  • Azul arrenda aeronaves por meio de financiamento inédito

A companhia aérea Azul anunciou que junto a Embraer, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e o Banco Santander, fechou um negócio de US$ 250 milhões para a comercialização de seis aeronaves. A operação inédita é um spanish leasing, no qual o Santander compra os jatos 195 da Embraer com 80% de financiamento do BNDES e os aluga à Azul. A garantia é da Sociedade Brasileira de Crédito à Exportação. Uma característica inovadora foi construir uma estrutura que permite financiamento de 100% do avião com custo competitivo. De acordo com o modelo adotado, a companhia aérea pagará aluguéis semestrais para o Santander por 12 anos, que é o prazo de amortização do empréstimo junto ao BNDES. Ao final desse período, o banco privado terá a opção de vender as aeronaves ou negociar com a Azul para continuar a alugá-las. A operação traz vantagens para todas as partes. No caso da empresa aérea, a conveniência é imediata. Nos financiamentos tradicionais, a companhia geralmente tem de desembolsar cerca de 20% do valor total, mas, com a participação do Santander, pôde financiar 100%. Foto: Marcos Paulo Caput 31/08/10

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn