Boeing testa estabilizador horizontal do jato 787

A Boeing anunciou ter concluído o teste de destruição do estabilizador horizontal do jato 787 Dreamliner. O teste foi realizado na fábrica da Alenia, localizada na Itália, pelos engenheiros da Boeing e por representantes das agências de regulamentação FAA e EASA. Testes físicos anteriores demonstraram que a peça atende aos requisitos para a certificação de resistência máxima, de até 150% mais resistência do que a carga aerodinâmica máxima jamais encontrada num vôo. Outros testes realizados padronizaram a capacidade da estrutura para a resistência em várias situações de pressão aerodinâmica extrema, como as alterações durante subidas e descidas e a cargas extremas e assimétricas. Depois de completar o teste de estática, a empresa conduzirá os de fadiga. Os engenheiros realizarão repetidos testes de flexão no estabilizador, a fim de demonstrar a habilidade do estabilizador em superar os diversos ciclos operacionais para o qual foi planejado. Para obter a certificação de cauda, os testes precisam ser realizados três vezes. O programa será concluído após o teste de choque com pássaros, que será realizado nas dependências da Boeing. 02/07/08

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn