Brasil amplia oportunidades de voos para Israel

O mercado específico de grupos religiosos foi uma das razões para a ampliação da capacidade de voos entre Brasil e Israel, acertada no acordo bilateral firmado em Jerusalém, com a participação da ANAC nas negociações. Cada país terá uma quota de 30 voos charter por ano, que também permitirão a permanência dos passageiros em trânsito por alguns dias no país e múltiplos destinos. Além disso, o número de voos de ida e volta por semana, que eram de apenas três, foi ampliado de imediato para dez, sendo sete para qualquer cidade no Brasil e outros três exclusivamente para rotas entre o Nordeste brasileiro e Israel. A partir do verão europeu de 2012, outros sete voos semanais serão permitidos. Mesmo com a ampliação da capacidade, a realização dos voos depende da estratégia de cada companhia aérea. Para permitir maior flexibilidade de preços aos usuários, também foi alterada a cláusula tarifária, que dependia de dupla aprovação, para que prevaleça o regime de tarifas do país de origem do voo. 03/07/09

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn