Brasil vai precisar de 500 aeronaves novas em 20 anos

  • Notícias
  • Brasil vai precisar de 500 aeronaves novas em 20 anos

A Airbus estima que as companhias aéreas brasileiras vão precisar de 510 novas aeronaves de passageiros com mais de 100 lugares até 2028 para suprir a demanda do crescimento do tráfego aéreo e também para a reposição de aeronaves. Além disso, espera-se que o crescimento do tráfego aéreo na América Latina ultrapasse a média global nos próximos 20 anos, com a liderança regional do Brasil na demanda por aviões novos. Segundo a mais recente previsão da Airbus, a frota brasileira de aeronaves para passageiros com mais de 100 lugares deve mais que dobrar nos próximos 20 anos, aumentando de 248 aviões em serviço em 2008 para 592 em 2028, um crescimento de 139%. Isso representa contratos de US$ 59,4 bilhões. Com o intuito de satisfazer o forte crescimento na procura de viagens internacionais, a nova frota incluirá aproximadamente 365 aeronaves de corredor único e 136 aparelhos de dois corredores. O aumento na demanda por novas aeronaves é o resultado do forte crescimento de tráfego de passageiros na região. O transporte aéreo ainda é emergente em 85% do mundo, onde a América Latina espera um aumento de 5,9% na taxa média de crescimento anual de faturamento por passageiros por quilômetro transportado (RPK) por companhia aérea entre 2009 e 2014. 28/04/10

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn