Embraer divulga perspectivas para a aviação comercial na Ásia e China

  • Notícias
  • Embraer divulga perspectivas para a aviação comercial na Ásia e China

A Embraer divulgou suas perspectivas para a demanda do transporte aéreo comercial na região da Ásia Pacífico e China para os próximos 20 anos. A região crescerá a uma taxa anual de 5,3% e a China cerca de 7,5%, ambas bem acima da média mundial de 4,9%. A previsão baseia-se num ambiente econômico positivo e maior acessibilidade ao mercado por novas empresas. A maior abertura política em alguns países da região incentiva a expansão de empresas aéreas estabelecidas e novatas, resultando em um crescimento mais acentuado do transporte aéreo.  A Embraer prevê uma demanda de 1.270 jatos no segmento de 30 a 120 assentos nos próximos 20 anos na região da Ásia Pacífico, ou seja, um valor total de mercado estimado em US$ 42 bilhões. A estimativa mostra que 610 aeronaves serão entregues de 2008 a 2017 e outras 660 entre 2018 e 2027. A previsão atual da Embraer mostra que a demanda na região será 25% maior do que as estimativas anteriores. A região da Ásia Pacífico, mais a China, responderão por 17% do total de aeronaves entregues nos próximos 20 anos. Os estudos indicam que o segmento de 30 a 90 assentos será a espinha dorsal do desenvolvimento da aviação regional na Ásia. O segmento de 61 a 120 assentos auxiliará as empresas aéreas a ajustar o tamanho das aeronaves à demanda do mercado, oferecendo níveis de serviço em vôo melhores do que aviões narrowbody que operam com baixa taxa de ocupação, bem como irão colaborar com a expansão para mercados de tamanho médio. 19/02/08

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn